Sábado Retrô – Land Stalker do Mega Drive/Genesis

Todo mundo sabe que eu sou um uber fã de Zelda. É fácil de ver, basta acompanhar os posts e tudo mais. Mas o que muita gente não sabe é que eu sofri muito, muito mesmo, para conseguir um “Zelda” de Mega Drive. E que o consegui depois de 2 anos procurando, tive que jogá-lo em japonês e ainda adoro cada segundo dele.

Land Stalker era a resposta da SEGA para Zelda e Equinox, ambos exclusivos do Super NES, para o mercado japonês. Desenvolvido pelo famoso estúdio Climax (responsável por Shinning Force 1, 2 e 3, além de Phantasy Star 4), um equipe interna de desenvolvimento da SEGA, o jogo tinha uma visão de 3/4 superior que criava uma falsa sensação de 3D, muito explorada pelo jogo para esconder itens, caminhos ou escadas e plataformas. Os personagens eram desenhados pela mesma equipe de character design de Shinning Force e esbanjavam carisma – tanto Nigel e Friday (o personagem principal e sua fada sado maso) quanto os inimigos e os ambientes tinham essa presença simpática que fazia com que eles lembrassem personagens de um bom anime, mesmo com os gráficos de jogo.

VICL-5179_front

E falando em gráficos, que gráficos! Com 16 mega de poder o jogo era lindo, e continua muito bonito mesmo após todos esses anos. Personagens e inimigos são grandes e bem animados, ambientes são amplos, bonitos e construídos em múltiplos níveis, as cidades e áreas tem personalidade – tudo muito muito bem feito. O som não está no nível de obras primas da época como Street of Rage, Final Fantasy ou Link to the Past mas segura a onda legal – os efeitos sonoros são bem simples e funcionam de forma que é, invariavelmente, cômica, mesmo que isso não fosse o resultado pretendido.

Os controles funcionam muito muito bem, são simples e respondem no talo – o C pula, B usa a espada (tem a inicial e 4 que você conquista pelo jogo) e A usa itens ou magias. A jogabilidade, no entanto, é bem diferente de um J-RPG comum: Você não tem níveis e não junta XPs. O Loot dos inimigos vem sempre na forma de dinheiro (que você gasta para comprar armas, armaduras ou magias mais fortes) ou na forma de eke eke, uma frutinha vermelha que recupera energia (você pode carregar até 9 delas). Os inimigos tem movimentos padrões e ataques simples, que podem rapidamente ser decorados e a maior parte das vezes que você desmaiar (se você ainda tiver eke eke sua fada usa em você e te acorda) vai ser por dano criado por itens do cenário e não dos inimigos. Os chefões são épicos mas razoavelmente simples de lidar (com especial atenção ao Dragão final) e o jogo não é muito difícil.

A história do jogo em si é muito, muito simples: Nigel quer o tesouro do Rei Nole, um antigo governante da ilha onde ele está, e está sendo auxiliado por Friday, a fada sado maso, que sabe onde o tesouro está, mas está sendo perseguida pelos vilões. Quase todas as “quests” do jogo tem propósitos muito simples (Quero comida, quero o item X, destrua o monstro Y, consiga o item H para cortar a árvore, etc…) e o jogo é relativamente rápido de terminar (dá para fazer em menos de 6 horas se você souber tudo de cor e não se importar em não pegar todos os itens).

Land Stalker é um game muito legal. Um misto diferente de adventure e J-RPG que lembra uma versão simplificada de Alundra do PS. Se você curtir boas aventuras com histórias simples e controle primoroso, vá para cima, até porque você consegue o jogo hoje no Virtual Console do Wii e do Wii U por meros 8 dólares – e não tem que ficar procurando, como eu fiquei, de 1992 a 1994. Vale muito a pena.

PS: O jogo ganhou uma continuação no Dreamcast chamada Time Stalkers… espere para vê-la aqui também.

Anúncios

Sobre Marcel Bonatelli

Historiador de games e jogador inveterado eu respondo todas as suas dúvidas sobre games e o mercado de games no site minicastle.org ou no email marcelbonatelli@minicastle.org

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s