E vai começar as vendas dos cabos vídeo componente da HD Retrovision

Fala galera. Para aqueles que assistiram o vídeo onde eu falo sobre esses cabos e se interessaram em comprar aqui vai algumas informações interessantes. Para quem não sabe o que eu estou falando aqui vai o vídeo em questão:

Aqui eu vou traduzir o que eles mandaram via e-mail, ficou mais ou menos assim:

“Se você estiver interessado em comprar cabos, leia esse anúncio até o final.

Quando: Estamos planejando lançar os cabos neste domingo dia 3 de julho às 18h29m (horário de Brasília). Quando chegar a hora, a loja vai aparecer como um novo link na barra de navegação no site www.hdretrovision.com – No mesmo dia iremos nos juntar ao livestream do canal MyLifeInGaming às 22h. Vamos enviar via e-mail / Twitter / Facebook um link quando estaremos ao vivo para que vocês possam participar e fazer perguntas.

Compatibilidade: Antes de comprar é extremamente importante que você verifique se o seu equipamento é compatível com 240p via a interface vídeo componente. Clique aqui para conhecer o nosso teste. Isso precisa ser feito separadamente para cada console, uma vez que algumas TVs aceitam um “flavor” ou 240p e não outra. Como afirmamos em nossa política de devolução, nós só aceitaremos devoluções / trocas de cabos defeituosos e não com problemas de compatibilidade.

Quantidade: Como vocês devem saber, tínhamos originalmente planejado para receber o restante do nosso pedido internacional no final de junho. A fábrica tinha que voltar e fazer alguns ajustes para evitar um certo tipo de defeito que encontramos em um número limitado de cabos durante o Kickstarter, e, portanto, só um carregamento parcial atingiu nosso armazém. Posteriormente, nós estamos liberando cabos em duas viagens. Uma vez que este lote inicial de cabos que recebemos já está esgotado, outro lote é estimado para se tornar disponível mais pra frente ainda no verão (inverno no Brasil).

Preços: Por fim, o preço dos cabos são os seguintes: US$ 44 cada cabo Super Nintendo ou Mega Drive (mais frete) e um adicional de US$ 5 para adicionar um adaptador de Mega Drive III para Mega Drive I (o cabo originalmente vem com a conexão para o Mega Drive III – se pretendes usar no Mega Drive I tem que comprar o adaptador separadamente). Nós também estaremos vendendo acessórios adicionais que podem ser úteis: cabos, tais como um cabo de 3,5 mm para melhorar o seu Genesis 1 com áudio estéreo, um divisor “Y” para o seu áudio do Gênesis 3, e um kit de extensor de 1,8m. Nós também estamos vendendo camisas e ganhos do “keychain” se você quiser ser o assunto da cidade! Todos os itens são limitadas a uma quantidade de duas unidades por pessoa.

Envio internacional: Clique aqui para obter informações importantes sobre envios internacionais.

Obrigado, e estamos ansiosos para ouvir vocês durante o livestream!”

Fiquem atentos, as vendas começam hoje!

Anúncios

O NX é Unreal (ou pode ser) 2

AVISO: Nenhum dos demos contidos aqui são produtos em desenvolvimento para o novo console da Nintendo. Eles estão simplesmente sendo utilizados para demonstrar poder de processamento da máquina.

O NX está chegando esse ano. Eu consigo sentir em meus ossos. E ele vem armado com um belo poder de processamento e a capacidade de levar nossos jogos por aí – mas como serão os jogos do NX?

Ninguém sabe! Mas a gente pode tentar adivinhar!

Abaixo seguem alguns exemplos de personagens Nintendo em ambientes ou com partes criadas através do uso da Engine gráfica Unreal 4 – o mais poderoso motor gráfico da atualidade. E, surpresa das surpresas, o NX vai conseguir usá-lo.

Metroid ficaria lindo!

Link anda por aí

Kirby anda por aí

Não esqueça de visitar Kakariko Village

Como ficaria um Goldeneye em Unreal 4?

 

O NX é Unreal (ou pode ser)

AVISO: Nenhum dos demos contidos aqui são produtos em desenvolvimento para o novo console da Nintendo. Eles estão simplesmente sendo utilizados para demonstrar poder de processamento da máquina.

O NX está chegando esse ano. Eu consigo sentir em meus ossos. E ele vem armado com um belo poder de processamento e a capacidade de levar nossos jogos por aí – mas como serão os jogos do NX?

Ninguém sabe! Mas a gente pode tentar adivinhar!

Abaixo seguem alguns exemplos de personagens Nintendo em ambientes ou com partes criadas através do uso da Engine gráfica Unreal 4 – o mais poderoso motor gráfico da atualidade. E, surpresa das surpresas, o NX vai conseguir usá-lo.

O cabelo da Princesa Peach nunca pareceu tão real!

Mario anda por uma área de desenvolvimento…

… e por um campo enorme.

E, é claro, pelo castelo da Peach

 

E3 2015 – Mais informações dos modos cooperativos de Halo 5

A 343 gosta de me fazer sofrer! Não bastava uma das campanhas mais legais de marketing da história!

VS

Encontre a verdade!

Ela vem e me fala, no primeiro dia da E3 que não teremos só uma campanha Co-OP…. mas duas! Duas!

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!!!!

237

Halo já tinha Co-Op desde Combat Evolved, mas ele não era exatamente ligado na história principal até Halo 3, onde um dos jogadores controlava o Chief e o outro o Arbiter. Halo 4 tentou dar um modo Co-Op meio ruim das pernas para ser jogado, mas foi ODST e Reach que realmente mostraram o que dava fazer com o universo Halo em múltiplas pessoas cooperando.

Agora, em “Halo 5”, a 343 Industries quer integrar este elemento à própria estrutura do jogo, logo, independente de se o jogador estiver jogando a campanha sozinho ou com amigos, Chief ou Locke sempre terão a companhia de outros três personagens.  Para tornar este elemento mais central à experiência, o estúdio tem procurado diferenciar cada personagem por meio de armaduras ou preferência de uma arma ‘icônica’ – no caso da equipe do Chief, o Blue Team, que já havia aparecido em livros e quadrinhos por toda a parte, Kelly sempre começará as fases com uma escopeta, enquanto Linda prefere um rifle de precisão e Fred um rifle de assalto. Até mesmo as imagens e interfaces internas dos capacetes serão diferentes entre eles.

The_Remnants_of_Blueteam_in_2557

O Blue Team sem o Chief

O novo modo de jogabilidade em equipe permite uma série de movimentos combinados, mais ou menos como em Rainbow 6, com jogadores sendo usados para escalar objetos, “dando pézinho”, revivendo aliados, etc… Caso esteja jogado a campanha sozinho, o jogador tomará controle do líder da equipe – Chief ou Locke – e poderá direcionar as ações do resto do esquadrão, indicando inimigos a derrubar, armas a escolher ou quem reviver com um menu que aparece apertando o botão direcional para cima. Pelo que foi mostrado até agora lembra uma mistura curiosa de Rainbow 6 com Star Wars: Republic Commando.

Ao formar uma equipe com quatro jogadores, o criador da party assume automaticamente o papel do líder, enquanto os outros poderão escolher seus personagens. Segundo a 343 o líder ainda pode dar ordens, mas, se elas serão evidentemente obedecidas, é outra história. O Co-OP local ainda continua restrito a dois jogadores.

Halo-5-Guardians-Locke-Team-Cover-2

Caçando o Chief: O Fire Team Osíris

Como eu disse lá em cima haverão duas histórias… duas campanhas, por assim dizer. A primeira delas, e a principal, segue o Fireteam Osíris na sua caçada pelo Master Chief, que desapareceu alguns meses depois de voltar a servir a UNSC, como visto no final de Halo 4. Aparentemente, quando o Chief some, ele leva com ele todo o Fire Team Blue, um grupo de veteranos Spartans II extremamente poderosos… e os figurões na Terra não gostam disso nem um pouco. A Segunda campanha explica o que houve com o Blue Team nos meses que se passaram entre Halo 4 e Halo 5 e o que levou ao desaparecimento deles e ao “exílio” do Master Chief.

Enquanto o Blue Team representa a velha geração, e sua jogabilidade tem o estilo básico dos outros jogos da série, com personagens mais durões e menos habilidades de armaduras, o Fireteam Osiris indica uma nova estrutura de mecânicas elaboradas pelo 343 Industries, reforçado a cooperação com ação mais tática, graças ao chamado sistema Artemis. O Artemis funciona fazendo com que tudo que é visível a um jogador apareça no HUD de todo mundo: Logo, se você viu um rifle sniper, ou um inimigo, ou uma arma especial, ela/ele/isso aparece marcado no Mini Map e como uma sombra dourada, prateada ou avermelhada, na visão de todo mundo. Some a isso uma movimentação muito melhor que a dos Spartans 2, graças a armaduras mais modernas e soldados mais ágeis…

Essa movimentação

… e você terá um time cheio de surpresas terríveis a serem despejadas nos inimigos. Ou no Blue Team.

Graças a este sistema, jogadores poderão saber mais sobre o que está a seu redor – em termos de inimigos, equipamentos, caminhos alternativos, etc. -, para que o jogador adapte-se ao terreno com diferentes estratégias.

“A habilidade de estudar o ambiente, e observar e tomar nota do que você pode fazer é algo que queremos trazer com Locke e o Fireteam Osiris”, explica Hanuke, diretor do game. “Enquanto com Chief queremos deixar as coisas um pouco mais clássicas, e trazer memórias de ‘Halos’ antigos”. A 343 também indica que o tom geral das missões de cada grupo será diferente, não só em termos de mecânica como a dinâmica dos próprios membros de cada equipe.

“Eles são de duas gerações diferentes”, explica o roteirista Brian Reed. “Os SPARTAN-II são os originais e estão quase na casa dos 50 anos, e os SPARTAN-IV são o sangue novo, e tem por volta de 20 a 30 anos – com exceção do Buck, que é um pouco mais velho – eles são o novo modelo. Nós chegamos a definir os SPARTAN-II como os ‘muscle cars’ americanos, enquanto os IV são os esportivos italianos”. “Também há diferenças na estrutura e estética das missões”, disse o diretor de desenvolvimento da franquia, Frank O’Connor. “O Blue Team está bem focado no que precisa fazer desde o início, enquanto o Fireteam Osiris está sempre tentando descobrir qual é o próximo passo a seguir”.

halo-5-guardians-blue-team

O Blue Team sendohalo-buck-1433879592198_300x420 focado e conciso

Fechando o pacote de informações reveladas está o que para mim é simplesmente a cereja do bolo. Um dos novos Spartans IV, parte do time Osíris, é, ninguém mais ninguém menos que o Sargento James Buck, um dos protagonistas de Halo 3: ODST e um dos personagens mais queridos da franquia Halo. E não só eles está de volta, mas tem a voz e a aparência de Nathan Fillion, de Serenity, Firefly e Castle.

Segundo a 343 “Assim que tivemos a ideia tudo rodou muito rápido. Fillion concordou em voltar ao papel icônico de Buck e tivemos, novamente um personagem que não só é muito rico, mas tem uma história de conexão com UNSC muito forte. Buck sabe quanta sujeira a UNSC já escondeu e acredita que essa missão, caçar o Chief, não é tão simples quanto parece.”.

Halo 5 chega, exclusivamente, ao XBOX One em 23 de Outubro.