Sábado Retrô – Tennage Mutant Ninja Turtles – Turtles in Time

Como eu disse no Review de TMNT:OotS (que você pode ler aqui), eu AMO Tartarugas Ninjas…

… e a Nicklodeon não facilita em nada o meu vício!

Então… para tirar o gosto horrível que Oots deixou na minha boca eu precisava de TMNT de qualidade. E não só assistir, mas jogar também. Era hora de tirar o SNES do armário, ligá-lo na TV e colocar Turtles in Time nele.

E, se você teve um Super NES, seu sorriso está indo de orelha a orelha agora!

TMNT: Turtles in Time é um dos melhores Beat em ups de todos os tempos (aqueles jogos onde você andava pela fase surrando deus e o mundo). Esqueça Final Fight, jogue Street of Rage pela janela; a Konami era a mestra dos Beat em up… e fez o melhor que o Super Nes teve em sua biblioteca inteira com as tartarugas mais famosas do mundo. Uma conversão quase perfeita do Arcade para o SNES, Turtles tinha mais estágios, mais cores e a música ainda melhor (se é que isso era possível) na versão de console do que no seu primo de máquina (só as vozes e os inimigos que sofreram um pouco com a conversão… e o fato que não dava para jogar em 4 pessoas no SNES).

O controle era simplesmente sensacional! Perfeito! Com movimentos específicos por tartaruga e muito, mas muito mesmo, charme nas deliciosas combinações que podiam ser aplicadas, tudo funcionava de forma perfeita. Era leve, engraçado e impedia que o game se tornasse repetitivo – um problema enfrentado por Streets of Rage 3. A jogabilidade era simples, mas a quantidade de inimigos, e de coisas acontecendo no cenário (com inimigos atacando do fundo, ou vindo na direção da tela em mode 7), mantinha tudo animado.

O som… ah o som… As vozes sofreram bastante com a vinda do Arcade para o console, sobrando poucas delas (mas bem feitas, como “Oh! SheelShock!”, “Pizza Power!” ou o fantástico “Cowabanga!!!”) mas a música ganhou muito… MUITO! E ficou fantástica, simplesmente soberba, o complemento perfeito para os gráficos que só SNES podia fazer. E que gráficos! Repletos de efeitos de mode 7, com transparências e múltiplos níveis de Paralaxe e deformidade, TMNT – Turtles in Time era simplesmente espetacular para a época e continua lindíssimo hoje – Milhas e Milhas melhor do que a mediocridade do remake da Ubisoft “Turtles in Time – Resheelded”.

Em 91/92 esse jogo era uma demonstração clara do que o SNES era capaz de fazer e de como as Tartarugas eram uma das coisas mais legais do mundo. Agora, mais de 20 anos depois, é hora de vocês descobrirem porque! Bom divertimento!

Anúncios

Sobre Marcel Bonatelli

Historiador de games e jogador inveterado eu respondo todas as suas dúvidas sobre games e o mercado de games no site minicastle.org ou no email marcelbonatelli@minicastle.org

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s