Gears 5 – (Xbox One) [madrugatina] | Live de 09/02/2020

Continuando com o sangrento tiroteio madrugada adentro.

Live ao canal Retrozera: https://youtu.be/5TWkbVV8sgQ

Sábado Retrô – Star Wars Jedi Starfighter (Xbox)

E para encerrar o mês de dezembro e consequentemente, o ano de 2019, trazemos mais um Sábado Retrô com temática Star Wars. Dessa vez o jogo é Jedi Starfighter, no Xbox clássico. Um excelente final de semana a todos, bom divertimento e nos vemos em 2020!

LIVE ESPECIAL 5K INSCRITOS – 07/10/2017

Pessoal, foi muito rápido! No começo do ano estávamos comemorando os 1k inscritos e agora, em outubro já chegamos à incrível marca de 5000 inscritos. Devemos tudo isso a vocês. E para comemorar, vamos embora nessa live de longa duração onde o Junião e o Marcel vão jogar algumas coisas no Xbox e conversar com o pessoal. Venha comemorar com a gente!

Pagando por nada: XBOX One agora pode funcionar sem Kinect mas eles ainda vem em cada unidade

Sim! Meio aos trancos e barrancos os consumidores tem arrancado da Microsoft exatamente o que querem: Um videogame. Nada mais, nada menos. Do Atari ao 360 o que queríamos eram bons jogos e boas maneiras de jogá-los… e o possível perda de dinheiro tem modificado muito a visão orgulhosa da Microsoft nesta “futura” geração.

De qualquer forma, a “Vitória” desta semana é relativa ao Kinect 2.0 – ou, mais diretamente, sua ausência. O XBOX One  NÃO precisa mais do Kinect para funcionar, sendo que o aparato nem mesmo precisa mais estar conectado ao sistema. Você poderá utilizar seu XBOX One apenas com o controle e ligar o Kinect apenas em games onde ele for necessário ou que você deseje “enriquecer” a jogabilidade, com comandos por voz, por exemplo.

Segundo a Microsoft “Nós ouvimos o consumidor mais uma vez e vocês são muito vocais sobre o que querem e não querem em seus aparelhos. E muito consumidores não estavam confortáveis com o Kinect ligado o tempo todo, ou mesmo com sua presença, no meio da sala. Para atender a essas pessoas o aparelho, embora acompanhe cada unidade vendida, não é mais necessário para a utilização do XBOX One.”. Então essa peça caríssima de equipamento, que a maior parte dos usuários, aparentemente, não tem interesse, não vai ser necessária – MAS, ainda assim, vai ser enfiada goela abaixo em todo mundo.

Way to go Microsoft… way to go

XZX8ev4

Microsoft volta atrás: Cabo HDMI e Head Set para todo mundo!

A algumas semanas atrás a Microsoft havia informado que seu controle não vinha com baterias, seu videogame vinha com um cabo de vídeo composto e os head sets tinham que ser comprados a parte. Aí a concorrência entregou os aparelhos a imprensa mundial e todo mundo viu controles com bateria interna recarregável e o fato de você poder usar QUALQUER head set bluetooth.

Opa! Ora de rever a estratégia!

O XBOX One, TODAS AS UNIDADES (Não só a edição de lançamento) virão com um cabo HDMI tipo 2, de 2 metros, habilitado para transmissão em 4K, 3D e 1080P, além de pilhas não recarregáveis premium heavy duty e um Head Set com fio.

Xbox-One-Headset-610x610

O Head Set tem microfone móvel e direcional, flexível e com controle de volume de mudo na base, próximo dos dedos do jogador. A sensibilidade é 8 vezes maior que a do XBOX 360 (o que permite sussurrar e ser ouvido, caso sua namorada(o), noiva(o) ou esposa(o) esteja dormindo, ou jogando WOW, e você não quer incomodar) e a Microsoft promete um auto falante melhor e uma transmissão de dados ainda mais suave e fluída do que a experiência atual da Live.

Além disso a Microsoft confirmou que os controles poderão ser utilizados sem bateria se conectados pelo cabo USB/Micro USB ao console – inclusive com a transmissão dos dados de voz sem problema.

Gostei de ver Microsoft… gostei de ver!

Playstation 4 é o modelo ecológico!

Ele é menor que seu competidor, mais econômico e mais silencioso! Embora trabalhe na média de 2,75 GHz (o que é pouco menos do que o PC monstro no qual eu estou escrevendo isso) os processadores internos do PS4 trabalham entre 5 a 35 celsius, consideravelmente menos que os processadores internos do PS3, que trabalhavam entre 75 e 150 celsius (acima de 150 você tinha possíveis danos a GPU que levavam a famosa “luz amarela da morte” e ao uso de PS3 como peso de papel). Além disso o primeiro modelo pesa 2,8 Kg, contra + de 5 Kg do primeiro PS3 e consome menos de 50 % da carga utilizada pelo XBOX One (que também trabalha em uma temperatura interna mais alta).

Não custa lembrar o aparelho chega ao mercado em Novembro!

PlayStation4-FeaturedImage