Diante da Crise Iwata solta: A Nintendo faz games, não arte.

Diferente do que os especialistas em crise vem dizendo, a Nintendo não está falindo. Não está nem mal das pernas.  O Wii U está vendendo mal, ainda está vendendo melhor do que o PS3 estava quando tinha a “idade” dele. O Wii continua vendendo bem (na verdade… bem melhor que o Wii U) e o 3DS está destruindo o número do mercado de portáteis – com números, essencialmente, inacreditáveis.

Mas a Nintendo sente que é falta dela. “Nós faltamos para com os clientes, os jogadores e o mercado. Os números do Wii U são falha nossa.” disse o presidente da companhia, Satoru Iwata.

O executivo, em sua entrevista no Tokyo Hotel, se mostrou bastante agressivo quando consultado sobre a posição, de muitos usuários, de que a Nintendo não liga para o consumidor, porque faz arte: “Somos uma empresa de entretenimento, não uma companhia de artistas. Nossa missão é para com nossos clientes e acionistas. A Nintendo faz games. Através de seu foco no desenvolvimento dos melhores jogos possíveis atingimos, algumas vezes, o status dado, nunca requisitado, de arte. E somos muito orgulhosos disso. Mas nosso foco é a criação de jogos e consoles divertidos. Nosso foco é o entretenimento. Não a arte.” .

“Não pode ser bom só para a empresa, criando algo que só dê lucro. Tem que ter valor para o consumidor, para o vendedor, para o colecionador. Essa tem sido a política da Nintendo e tem nos servido muito bem. É a razão pela qual nossos jogos conservam o valor, mesmo quando disponíveis em outros plataformas, em seus formatos originais. Sabemos que há uma falta de títulos para o Wii U, mas essa situação será resolvida nos próximos meses. Pedimos um voto de confiança e um pouco de paciência!”

E então: Você daria a Nintendo esse voto de confiança? Ou chega dessa empresa para você? Deixe a sua opinião aí embaixo!

super-mario-bros-3-wallpaper

Ps: Eu acho que vários games da Nintendo são arte! Mas isso sou eu!

Anúncios

Microsoft confirma overclocking do XBOX One

Logo depois das configurações dos três aparelhos ser confirmada de cabo a rabo a Microsoft se viu em um desconfortável platô: Perder de lavada em poder de processamento bruto para o PS4 ou ser comparado ao Wii U.

A saída da Microsoft: Aumentar a velocidade nativa do aparelho.

Agora o clock da GPU (a placa de vídeo do XBOX One) foi aumentado de 800 para 853 Mhz e o processador principal também sofreu um pequeno aumento de velocidade. Segundo a Microsoft “.. o aparelho é mais do que capaz de lidar com o aumento da velocidade. Tanto a fonte quanto a difusão do calor não serão problemas.”.

E o Major Nelson fechou o assunto dizendo “Fizemos a lição de casa. Não haverá outro incidente como as três luzes da morte!” – referindo-se aos incidentes de 3 Red Lights que mataram milhares de XBOX 360.

Só confio, vendo!