Confirmado pela Konami: Sillent Hills está morto!

E PT, que sai do ar na PSN nesta quarta feira 29 de Abril, é tudo que você verá do game que uniu Guilhermo del Toro e Hideo Kojima.

Embora nenhuma razão oficial tenha sido dada, nem por Kojima, que está sob um contrato de sigilo total até o lançamento de MGS 5 (em Setembro), nem por del Toro, muito menos pela Konami, a última confirmou que “Silent Hill é uma franquia muito importante para a empresa e diversas ideias estão sendo trabalhadas para ela. Infelizmente o jogo envisionado por del Toro e Kojima não é mais uma delas.” .

Então… sim… é oficial… Silent Hills, da maneira como estava sendo feito pelo time de Kojima com o Fox Engine está morto e enterrado…

… mas, se tivermos sorte…

… assim como em Silent Hill…

… ele volte para nos assombrar.

Anúncios

Final Fantasy X/X2 vale a pena no seu PS4?

Você salvou Spira do Syn no PS2, destruiu o monstro novamente na versão HD no seu PS3 e agora tem a chance de mais uma vez salvar o universo com o jogador de Blitzball mais conhecido do mundo no seu PS4.

Mas, será que você deve?

Será que por US$ 49,99 a versão remaster vale a pena?

Não há mudanças gráficas reais, apenas um aumento ligeiro na resolução (que vai de 720p para 1080p), e o jogo não oferece nada de novo a não ser um calendário 2015/2016 em papel… sim… um calendário… em papel…

Né…

Lado a Lado a versão do PS4 vs a do PS3 é possível ver que, por US$ 49,99, não há quase nada a ser ganho, principalmente considerando que você pode pegar a versão do VITA e carregar com você para onde quiser por US$ 20,00 hoje em dia. E ela não fica devendo muito para a do PS3…

Juro que a ideia de um calendário de papel me enerva… e eu sou um defensor de enormes manuais coloridos!

O que nós perdemos 10 – Avengers: The Movie

Em 2010, quando o mundo segurou sua respiração de forma coletiva diante da assinatura do contrato que resultou em Vingadores, que estreou em 2012, a Marvel fechou, calmamente e na surdina, um contrato com a, agora falecida, THQ, para a produção de um jogo Tie in com o filme que chegaria as telonas.

A THQ repassou a produção para sua equipe Australiana e começou o processo de criar, com 80 funcionários, um beat-in-up em terceira pessoa baseado nos esboços do filme da Marvel. O resultado final seria um provavelmente genérico e esquecível beat up, que venderia bem e receberia terríveis críticas.

Infelizmente, ou felizmente, durante o processo de criação do jogo, a THQ trouxe para a Austrália uma nova equipe com idéias bem PRIMEanas…. (eu gastei muito tempo pensando nessa piada). Os três novos integrantes do projeto, todos advindos da Retro Studios, que fez Metroid Prime, resolveram que, o que funcionou com Samus Aran vai funcionar com os vingadores. E dá-lhe um dos mais legais e bem feitos jogos em primeira pessoa começarem a ser construídos.

O jogo era ágil, era veloz, tinha um monte de finalizações de movimento legais e poderia ter sido realmente um fantástico tie in para um filme que foi incrível nos cinemas…

… infelizmente… não foi muito bem por aí que coisa andou.

A THQ entrou numa espiral suicida de péssimas decisões negociais. O dólar australiano está muito forte e bem equiparado, o que tornava as operações cambiais de pagamento e manutenção da equipe caras. Diante da necessidade de manter a firma pelo menos flutuando até o processo de bankrupt terminar, a THQ inc escolheu por paralisar todas as atividades do estúdio australiano e demitir todos os funcionários. A equipe de desenvolvimento levou o projeto à Marvel, numa última tentativa desesperado de salvá-lo, mas foi em vão: a Marvel não tinha interesse em manter uma equipe de desenvolvimento de games interna e sabia que, se desenvolvesse um jogo diretamente, envolvendo os Skrullls, cujos os direitos cinematográficos estavam com a FOX, poderia se envolver em uma batalha judicial gigantesca (sim… foi por isso que apesar do filme inteiro gritar “SKRULLS” não são os Skrulls que atacam Nova York) e ter que dividir a grana.

Em Janeiro de 2012, meros meses antes do lançamento do filme e com mais de 60% do jogo pronto, The Avengers: the Movie, encontrou a morte. A história é muito, mas muito mesmo, mais complexa do que esse artigo tenta resumir, e você pode ter a versão completa dela aqui, mas, no fim, o escritor do jogo tem a única cópia jogável do mundo, de um jogo que poderia ter sido fantástico. E que não teríamos que jogar no celular.

2015 trouxe bons números para a Nintendo!

Um aumento de 20% em relação as vendas de Wii U no mesmo período de 2014 – tudo graças a Mario Party 10 e Super Smash Bros. E o 3DS teve um aumento de 80% de vendas em relação ao mesmo período do ano passado – graças a Majora’s e Smash!

E o ano mal começou… e olha o que ainda está vindo!

  • Kirby
    Splatoon
    Legend of Kay HD
    Yoshi’s Woolly World
    LEGO Jurassic World
    Xenoblade Chronicles X
    Rodea the Sky Soldier
    Mario Maker
    LEGO Marvel Avengers
    Fatal Frame: Oracle of the Sodden Raven
    Star Fox
    Devil’s Third
    Project CARS
    LEGO Dimensions
    Disney Infinity 3.0
    Novo Skylander
    Call of Duty: Black Ops III
    Deus Ex
  • Mass Effect Trilogy

Já estamos salivando!