Nintendo condenada a pagar royaltes no 3DS

No lançamento do 3Ds em 2011 uma empresa japonesa, a Tomita, entrou na justiça contra a Nintendo dizendo que a tela do 3Ds utilizava tecnologia patenteada de 3D sem óculos. Na época um acordo judicial foi feito onde a Nintendo pagou 35 milhões de dólares a Tomita.

Fim da história certo? Errado…

Segundo o mesmo processo correndo nos Estados Unidos (como as leis comerciais em territórios diferentes são, normalmente, diferentes empresas multinacionais como a Tomita, ou a própria Nintendo, tendem a entrar na justiça separadamente em cada região – é de praxe) ficou decidido, nesta semana finda, que a Nintendo deve a Tomita 1,82% do valor de CADA 3DS vendido em território americano a partir de 1 de Dezembro de 2013.

Aí… as vendas de Natal!!!

Embora a empresa processante estava querendo um valor fixo (chamado legalmente de flat-rate-ratio, ou seja, um valor X a ser ganho por unidade) o juiz responsável pelo caso disse (corretamente) que o preço de videogames caí conforme a tecnologia se torna mais simples de trabalhar, e um flat rate ratio seria injusto para os ganhos do aparelho conforme seu preço caísse.

Não é o pior dos mundos e o juiz agiu bem… mas tenho certeza que estamos longe de ver o final dessa história!

 

Anúncios

Sobre Marcel Bonatelli

Historiador de games e jogador inveterado eu respondo todas as suas dúvidas sobre games e o mercado de games no site minicastle.org ou no email marcelbonatelli@minicastle.org

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s