A Nintendo não abre a boca: Data de lançamento para o Wii U só em 2012

Em uma apresentação aos investidores Satoru Iwata, presidente da Nintendo, disse que pretende não apressar o lançamento do Wii U, principalmente depois do corte de  preço do 3DS, que poderia deixar os compradores indecisos entre as duas plataformas.

“O certo a fazer era reduzir o preço” falou o executivo sobre o assunto “Mas nossa decisão de reduzir o preço do 3DS poderia afetar o lançamento do Wii U, logo preferimos esperar” e concluiu “A redução do preço do 3DS e o pacote promocional dos embaixadores são algumas das medidas que a Nintendo vai tomar no sentido de conquistar a confiança do público no 3DS, no Wii U e nos produtos de nossa empresa. Isso é muito importante para nós.”

De qualquer forma o Wii U não era esperado até o próximo ano fiscal da Nintendo, que começa em primeiro de Abril. Segundo Iwata tudo estará desenhado para o lançamento do console, no ano que vem, ser inesquecível , com centenas de produtoras desenhando jogos e várias redes de vendas em negociações.

No Mini… nós mal podemos esperar!

Anúncios

Contéudo por Download a caminho do Wii U e do 3DS

Sim!!! Finalmente você poderá complementar seus games, pegar novas roupas ou estágios com contéudo por download, o famoso DLC (Download Contend) nos seus games de 3DS e Wii U. Durante uma apresentação aos investidores, o cara, o homem, o mito, Satoru Iwata disse que entre as melhorias que foram implementadas no sistema online (que ainda não tem nome, mas é informalmente chamado, nos meios de desenvolvimento, espaço Nintendo) estarão os DLC. E que a Nintendo fará um controle sobre a qualidade do que sera dado ou vendido.

Segundo o executivo “Chaves, botas, pulseiras para avatar e aumento de forças ou armas que desequilibrem os jogos são detrimentais ao processo – e serão banidos”.

Quando perguntado sobre demos ou jogos Indies disponíveis de grace, como faz um de seus concorrentes (beijos para live), Iwata disse que este não é o modelo Nintendo. Demos estarão disponíveis, mas jogos de grace poderiam diminuir o valor do game e do esforço colocado no desenvolvimento deles (sem falar em atrapalhar a venda dos seus próprios games, né seu Iwata).

De qualquer forma o “espaço Nintendo” está ficando bem legal: Demos,  DLC, jogar sem friend codes, chat por voz… parece cada dia mais com outro serviço…. qual seria?

Quer Rage? E Doom 4? A Id quer! No seu Wii U!

Com alguns jogos ‘core’ na linha de lançamento, como Darksiders II e Tekken, o que um dos mais conceituados estúdios de desenvolvimento estão pensando do Wii U? O presdidente da Id, Todd Hollenshead tem algo a dizer:

“Nós ainda não tivemos a chance de sentar com Carmack (John Carmack, criado de Doom e Wolfestein 3D e o cérebro criativo do estúdio), porque a opinião dele é a que vale, mas o que vimos da Nintendo até agora é muito interessante e estamos ansiosos para ver como a Id Tech 5 funcionará no Wii U e que jogos poderemos oferecer para aquela audiência. “.

Quando perguntado se RAGE chegaria em alguma forma  ao Wii atual, Hollenshead foi taxativo “Por mais que a Nintendo não goste de nossa posição, o Wii não conseguiria segurar a Id Tech 5 – e na Id nós não fazemos versões lavadas e abobadas de jogos para alguém que não tem a plataforma. Se quer RAGE você pode conseguí-lo no 360, Ps3 e PC, igualzinho e integral. Não queremos ninguém jogando uma versão que o faria desejar outra plataforma. “.

Então… vejo vocês no Doom 4?

 

O antigo presidente da Nintendo perdeu uma fortuna!

Os resultados do ultimo semestre para a Nintendo foram… menos que estelares (o que é uma maneira gentil de dizer que houve uma queda razoável nas vendas – O QUE É MAIS QUE ESPERADO DO VIDEOGAME MAIS VENDIDO, TODO MUNDO, SUAS AVÓS, PAIS, PROFESSORES E PEIXINHOS DOURADOS JÁ TEM UM Wii) o que resultou em uma queda de 21% no preço das ações da companhia (dados Bloomberg).  De forma a criar demanda a companhia cortou o preço do 3DS (conforme nosso post logo abaixo) e aumentou as campanhas de marketing. Isso deve aumentar as vendas do 3DS mas vai levar ao pior ano fiscal da Nintendo desde 1986. Sim… o pior ano fiscal desde 1986! O ano que a Nintendo lançou o NES nos EUA!

Se isso pareceu ruim para você… foi terrível para o principal acionista da Nintendo. O dono da companhia e antigo presidente da mesma, o Sr Hiroshi Yamauchi.

Yamauchi tem 83 anos e se aposentou após o lançamento do GameCube, entre 2001 e 2002, depois de ficar no comando da empresa durante 53 anos. E no dia em que houve a queda ele perdeu US$ 312 milhões (dados Bloomberg).

US$ 312.000.000,00!!! Ou  R$ 498.482.400,00.

Considerando que Yamauchi é considerado o homem mais rico do japão, com uma fortuna pessoal de US$ 4,6 bilhões, e ocupa o sexto lugar no ranking da revista Forbes dos mais ricos do mundo.  Mesmo assim 312 milhões de doláres vão doer.

Os altos executivos da Nintendo fazem um corte de salário voluntário!!!

Seguindo o anunciamento do corte de preço do 3DS, Satoru Iwata, president da Nintendo do Japão, Shigeru Miyamoto, o principal designer da Nintendo (e o cerébro por trás de Mario, Zelda e Star Fox), Eiji Aounuma, o diretor dos jogos Zelda mais recentes e o responsável pela série desde Wind Waker e alguns outros figurões da Nintendo se auto impuseram uma diminuição de salário de, pasmem, 50% para auxiliar a empresa a voltar a crescer mais rápido.

Iwata, que sozinho corresponde a um salário anual de US$ 770.000,00 (que com os bônus de vendas e o que o valha pode, e tem, nos últimos anos, ultrapassado os 2 milhões) falou sobre o ocorrido, explicando que a maneira e a velocidade com que um console  se espalha no mercado acaba formando e cimentando a imagem desse sistema junto ao meio comercial – e que a Nintendo precisa de cada centavo para aumentar enormemente a base de consumo do 3DS da forma mais rápida possível

“Para maximizar a receita dos títulos extremamente esperados do final de ano era necessário aumentar muito a base instalada, antes mesmo que os jogos estivessem disponíveis. Assim a Nintendo teria o retorno dos gamers que comprarem  os jogos assim como dos que compraram o sistema juntamente, ou somente,  com o jogo esperado. Esse passo se tornou necessário para que o 3DS se torne o sucessor que o DS merece.” disse Iwata.

                                                     

O 3DS vai ganhar um corte de preço… um belo corte de preço

A Nintendo vai cortar o preço do 3DS, nos EUA,  de US$ 249,99 para US$ 169,99 a partir de 12 de Agosto de 2011. No Japão o corte vai ser de 25.000 yen para 15.000 yen. A austrália vai ter um corte de AU$ 349,95 para AU$ 250,00 e a Europa também terá a redução, embora ainda não especificada.

“Se você tinha a vontade agora não há mais razão para não ter um 3DS!” disse o presidente da Nintendo da America Reggie Fill-Aimes “Estamos dando aso jogadores do mundo todo a chance de ter um 3DS, e todos os jogos incríveis que vieram na esteira do lançamento dele” concluiu.

Se você comprou um 3DS pelo preço cheio, não se preoucupe. A Nintendo vai lhe devolver seus US$ 80,00 em games. 20 deles para ser mais exato. E todos eles estarão disponíveis para quem tiver conectado pelo menos uma vez o Nintendo E-Shop até 11 de agosto de2011 com seu DS. A lista de games ainda não foi está completa, mas vamos falar mais desse plano de Nintendo´s 3DS Ambassador Program.

Nada mal… nada mal mesmo!