Jogando: A Lenda de Zelda: Um elo entre mundos

No Japão, Link Between Worlds se chama ゼルダの伝説 神々のトライフォース2 , o que significa basicamente The Legend of Zelda : A Link To the Past 2. Isso em si ja diz muito sobre o jogo, principalmente se tratando da
Hyrule que iremos encontrar. E voltar a explorar esta Hyrule é uma das melhores partes para os fãs do jogo de Super Nintendo. Mas não se engane em pensar que é exatamente o mesmo mundo, já que tem vários detalhezinhos diferentes no mundo, alem do “Dark World” desse jogo ser tão diferente do outro jogo que aqui ele recebe um novo nome: Lorule

Exploração do mundo é um dos grandes pontos fortes do jogo, principalmente pela mudança mais clara na mecânica: O aluguel e compra de items. Ao invez de se conseguir itens como o arco e as bombas no meio de dungeons, aqui você pode alugar ou comprar a maioria dos itens na ordem que quiser. Isso agiliza a exploração do mundo de uma forma impressionante, alem de habilitar a experiencia de poder escolher a ordem em que você vai enfrentar os dungeons.

Mas não pense que os dungeons ficam sem recompensas: É lá que você consegue itens secundários, como o Hookshot, luvas e braceletes. Não é AQUELA recompensa como nos anteriores, mas não tem problema já que os dungeons são extremamente divertidas e utilizam o item destacado para eles (sim, continua 1 item para resolver o dungeon inteiro) desde a primeira sala.

424px-ALBW_Artwork

Porém, a melhor novidade do jogo é o poder de virar uma pintura 2D na parede e andar para os lados. Essa habilidade cria varias experiencias para puzzles que antes simplesmente não eram possíveis, a la o clássico Portal , da Valve , além de abrir ainda mais áreas de exploração. Alguns são bem difíceis –  quase dói o cérebro.

No quesito do enredo, a historia é contada de uma forma bem simples, porém elegante. Sem flashbacks, mas no castelo você pode encontrar quadros que explicam a historia do Link to the Past por exemplo. Existe um momento que gostei muito na narrativa que é quando você descobre que uma personagem esta em perigo simplesmente porque você vê um item que sempre esta com ela … sem ela. Nenhum narrador, nenhuma CG  “cinemática”, nada.
E falando em personagem em perigo, vale dizer que agora não é tão simples como “Zelda é capturada” já que são VÁRIOS personagens capturados, aproximadamente 1 por dungeon e que este Zelda reserva uma ou outra surpresa na historia digna de Sheiks da vida.

Na parte de apresentação do jogo, vale notar que o jogo é absolutamente fluído. Sem nenhuma queda de framerate mais noticiável mesmo nos momentos mais caóticos e com 3D no talo. E o efeito em 3D é um dos melhores que o 3DS tem a oferecer, chegando ao ponto de ter momentos que realmente pensei que quem for jogar este jogo no 2DS terá
problemas em algumas partes. O som do jogo cumpre o seu papel e a trilha sonora é absolutamente linda. O remix com vilão do Dark World em especial é um dos meus favoritos.

De resto, uma adição interessante é que logo no começo do jogo você tem a opção de ter um item chamado “Hint Glasses” que serve um pouco como as Sheikah Stones do Ocarina of Time 3D para te ajudar nas horas difíceis. PORÉM desta vez não é tão simples, já que as ajudas custam de passos do 3DS, garantindo que você vai pensar duas vezes antes de usar.

Com ótimos dungeuns, uma linda sensação de exploração do mundo e uma pitada de nostalgia aqui e ali, este é um dos melhores Zeldas em muito tempo. Recomendado !

677px-A_Link_Between_Worlds_cover

Gabi “Plattys” Madureira é uma artista plástica de Campinas que divide suas horas entre desfrutar de produtos da Big N, desenhar coisas fantásticas e curtir desenhos maravilhosos. Ela ama Final Fantasy, o Steam e JRPGs clássicos, como Chronno Trigger e a série FF. Esperamos ver mais reviews dela aqui no mini!

Anúncios

Sobre Marcel Bonatelli

Historiador de games e jogador inveterado eu respondo todas as suas dúvidas sobre games e o mercado de games no site minicastle.org ou no email marcelbonatelli@minicastle.org

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s