“Minha imagem está horrível…” ou “Como jogar DS perfeitamente no seu 3DS!”

Hoje em dia, ninguém seria tão idiota a ponto de construir um console que não tivesse retrocompatibilidade… é óbvio, faz completo sentido do ponto de vista comercial e facilita a passagem entre uma plataforma e outra…

foi mal Playstation 3… não vi você sozinho aí… no canto escuro…sem poder usar retrocompatibilidade com o PS2.

Essa função é ainda mais importante em portáteis, porque se não você teria que carregar dois aparelhos por algum tempo, enquanto termina de jogar os games que gosta na plataforma antiga e experimentas as novidades na mais recente. Graças aos céus a Nintendo sempre foi ligada a preservação de suas plataformas e a retrocompatibilidade tem seu lugar dentro do 3DS, rodando seus jogos de DS normalmente. Mas há um problema técnico chatinho.

A resolução!

A tela superior do Nintendo 3DS é um LED não um LCD, e tem uma resolução completamente diferente daquela do DS. Colocar um cartuchinho lá e dar start no jogo fará o game funcionar, mas ele não será tão bonito ou limpo como você lembrava… na verdade vai ficar meio emaciado… como se você estivesse jogando videogame em uma TV de tubo bem velha… onde tudo fica meio enevoado.

Mas não tenham medo, a correção para isso é simples e bem fácil, é só seguir as instruções:

Passo 1

Coloque o cartucho de DS no sistema e ligue (Se você ainda não tinha feito isso… tipo… vai brincar de bola ou algo assim!)

Enfiando (ui!!!) o cartucho

Ligando o 3DS (foi só eu ou vocês também desligaram o aparelho alguma vez sem querer deixando a mão em cima do on)

Passo 2

Quando o cartuchinho aparecer na tela de cima, girando bem devagar, e com uma das faces mostrando algo do game (como uma pokebola no caso de Pokemon White – aliás aguardem o review!) aperte e segure START e SELECT (se funcionou o cartuchinho na tela de cima vai dar uma volta bem rápida).

Parece o código Konami… mas é só segurar o START e o SELECT

Veja o ícone dar uma giradinha mais rápida

Passo 3

Com os botões START e SELECT ainda apertados inicie o game clicando no ícone do game que está no drive.

3DS… aumentando sua flexibilidade e suas habilidades no Skate de dedo!

Seguindo esses passos a resolução será emulada para aquela do DS (e portanto não encherá a tela de cima inteira… isso é normal). Lembre-se também que, embora o 3DS tenha trava de região o DS não tem, portanto se você tiver algum jogo importado por aí ele funciona tão bem no seu 3DS quanto funcionaria em qualquer DS.

Bom divertimento!

Barf! River City Ransom está a caminho… de novo!

A desenvolvedora Miracle Kidz abriu as cortinas para seu próximo jogo em desenvolvimento para WiiWare… e nós não podíamos ficar mais felizes. Pois é hora de quebrar a vizinhança e fazer os inimigos dizerem “Barf!!!”.

Downtown Nekketsu Monogatari 2, ou River City Ransom 2 para nós ocidentais, está a caminho e tudo que falta para a confirmação do lançamento também nos EUA é a localização do título. A empresa não revela a data de lançamento, mas afirma que o game chega ainda esse ano.

Estamos salivando… e batendo nos vizinhos!


EA diz adeus ao papel!!!

Em uma atitude parte motivada pela sustentabilidade e a ecologia e parte motivada pela economia em custos, a maior distribuidora de games do planeta, a EA diz que seus próximos produtos não terão mais manuais em papel e sim, práticos menus, que poderão ser acessados pelo botão Home no Wii e no 3DS, e pelo botões PS no Sorry Playstation e pelo Grid (aquele botão central com um X verde) no XBOX 360.

Se você não for um ecologista convicto e fizer questão de ter um manual autêntico para seus jogos autênticos (ei EA, você vai baixar o preço dos games sem manual de papel? Não! Por que eu não estou surpreso?) poderá acessar http://support.ea.com/app/manuals a qualquer momento e imprimir o seu (sim, os manuais continuam tento arte e visual normal… só não vem impressos mais… vai entender). Quando indagadas sobre a economia financeira que a medida vai levar aos seus cofres, um analista da EA foi incapaz de responder…

é isso aí! Tudo que a EA quer é salvar o planeta! E se você acredita nisso eu tenho uma ponte para te vender!