A Nyko inventando mais uma!!!

Eu odeio encarar isso, mas o Classic Controler não tem exatamente a melhor disposição do mundo. Preso por um fio ao Wii mote, o classic fica parecendo um… bem um… um orgão sexual masculino relativamente comprido, mas não completamente ereto, pronto, falei!!! Para corrigir esse problema, a Nyko, que agora voltou a amizade com a Big N lança sua própria versão do Classic Controler, e sem nada pendurada. O “Wing” ainda não tem data de lançamento nem preço, mas parece um filho bastardo do sixaxis (PS3) e do Classic Controler. De qualquer forma, fica mais um puta acessório a sair para o Wii. E o salário, óh!

Anúncios

Zelda, Mario e Metroid, só em 2009!

Depois de ser acusada de esquecer os jogadores entusiastas (os “hardcores”, no jargão da indústria) e ter mostrado apenas jogos casuais na E3 2008 (embora eu achei “The Conduit” e “The Force Unleashed” bem hardcore – e vou comprá-los) a empresa declarou que tem novos projetos baseados em suas franquias populares (leia-se Mario, Zelda, Metroid, Donkey Kong, etc…) em produção. Ainda na E3, Myamoto soltou “Todos os seus times de desenvolvimento estão trabalhando a todo vapor nessas continuações”.
“Nós nunca negligenciamos nossos entusiastas. Nós ainda temos desenvolvedores trabalhando nas principais franquias populares, mas precisamos de mais tempo para completar esses jogos, aproximadamente de dois a três anos”, disse a Iwata, presidente da empresa, a revista EDGE, prosseguindo “Esses jogos não estarão prontos para serem lançados antes do início de 2009, mas estão sendo produzidos por todos os times de desenvolvimento”. Para outra publicação, a Forbes, no mês passado, Iwata soltou “Se há alguma impressão de que a Nintendo está ignorando os jogadores entusiastas, é um mal-entendido e nós realmente queremos nos livrar desse mal-entendido a qualquer custo”.

A questão que não quer calar é… o que diabos os usuários querem depois de Corruption, Mario Galaxy e Twilight Princess… a vá pra pqp!!!

Nintendo diz que vai aumentar muito muito muito mesmo!!!

A poderosa, maravilhosa, magnanima Nintendo elevou sua perspectiva de lucro anual em 23% devido a forte demanda pelo seu console Wii e o portátil DS, superando expectativas do mercado e fazendo com que suas ações subissem mais de 8% (ueba, para quem tem ações dela). À medida que consumidores nos Estados Unidos e na Europa adquirem seus consoles, a Nintendo aumentou sua previsão de vendas para o Wii em 6% e 9% para o DS, levando a companhia a trabalhar em sua capacidade limite de produção atualmente.

“O fato de que a Nintendo está confiante em comunicar que vendas internacionais estão fortes mesmo antes do fim do primeiro semestre provavelmente ajudará o estoque a pegar o ritmo das vendas da época do Natal”, disse Koki Shiraishi, analista do Daiwa Institute of Research. O Wi tem matado a pau o Sorry PlayStation3, da Sony, e do M$ Xbox 360, da Microsoft, numa indústria de videogames que vale US$ 57 bilhões – dizendo que a empresa espera um lucro operacional de 650 bilhões de ienes (US$ 6 bilhões) nos doze meses até março, acima de sua previsão anterior de 530 bilhões de ienes, ajudada ainda por um iene mais fraco.

A empresa vê vendas de 2 trilhões de ienes, 11% mais altas que suas previsões anteriores. A nova previsão de lucro superou a previsão de 605 bilhões de ienes previsto para o período pela Reuters Estimates, com estimativas de 20 analistas. O valor das ações da Nintendo cresceram mais que cinco vezes em dois anos até outubro de 2007, estimulado por fortes vendas do DS e do Wii, os dois motores de crescimento da Nintendo. Mas perdeu 28% desde então, devido a preocupações de investidores de que seu crescimento pode estar diminuindo. A companhia aumentou sua previsão de dividendo anual para 1.680 ienes, ante a 1.370 ienes esperados em abril. A empresa também aumentou sua estimativa de lucro operacional para metade do ano em 17%, para 245 bilhões de ienes. A Nintendo disse que agora pretende vender 26,5 milhões de unidades do Wii e 30,5 milhões de unidades do game DS neste ano fiscal.

Falando no pequeno gigante, ele esbofeteou o PSP (e o resto dos concorrentes) e assumiu de novo a liderança do mercado do sol nascente. Entre 18 e 24 de agosto, foram vendidas quase 56 mil unidades do portátil da Nintendo na região, contra 47,6 mil do segundo colocado, o PSP da Sony. O Wii continua em sua posição tradicional, em terceiro, com 35,1 mil unidades. Bem distantes dos três primeiros colocados estão, respectivamente o PlayStation 3 (nove mil), PlayStation 2 (8,4 mil) e o Xbox 360 (3,5 mil). O console da Microsoft perdeu o fôlego depois do “boom” de vendas duas semanas atrás com o lançamento de “Tales of Vesperia”, que chegou a fazer o console sumir da praça.

1. Nintendo DS 55.995 2.073.607
2. PSP 47.604 2.622.573
3. Wii 35.173 2.035.191
4. PlayStation 3 9.020 639.404
5. PlayStation 2 8.420 254.274
6. Xbox 360 3.551 131.507
Plataforma 18 a 24/8 2008

EA se preocupa com usados e China se preocupa com todos!!!

A bocuda, a deslavada, a amerícanissima, a gigantesca Electronic Arts, segunda maior companhia de distribuição de jogos do planeta, está atualmente traçando planos alternativos de negócios para ajudar a combater um problema que ela considera absurdo crítico: venda de jogos usados. O ponto da reclamação deles é que as lojas faturam várias vezes com seus jogos (vendendo os jogos novos e revendendos jogos usados) enquanto a produtora/distribuidora ganha apenas uma vez.
Mas a Electronic Arts reconhece que é inútil tentar parar as lojas de venderem artigos usados, então está buscando contra-atacar de outra forma: aumentando a longevidade de cada game e prendendo o usuário com distribuição e contéudos online.
“Para nós, a venda de videogames de segunda mão é uma situação muito crítica, porque as pessoas estão vendendo múltiplas vezes uma propriedade intelectual”, disse Jens Uwe Intat, vice-presidente sênior e gerente geral de publicação da Electronic Arts para a Europa. “O que estamos tentando fazer é construir modelos de negócios que tem cada vez mais suporte online, com serviços adicionais e conteúdos extras que você adquire online. Então as pessoas verão o valor em não apenas ter o disco físico para jogar em casa sozinho, mas na verdade jogar esses jogos online e pagar por eles”.

Quando confrontado com a verdade universal de que as coisas são revendidas em todos os mercados (menos no financeiro) o executivo dá uma resposta quase facista, pois os jogos eletrônicos, sendo informações digitais, não desgastam, não rasgam, e não se tornam produtos inferiores quando são passados de consumidor para consumidor, como disse “Em nosso entendimento de modelo de negócio estamos na verdade cedendo os direitos para jogar, e se você simplesmente o passa para frente, e passa, e passa, isso não se compara às vendas de segunda mão na área de artigos físicos normais em que você tem carros usados desgastados, roupas usadas, livros usados… eles estão todos fisicamente desgastados, então você tem produtos de qualidade inferior”, explica. “Mas produtos digitais não se tornam na verdade inferior em qualidade, então é um grande desafio para nós quando as pessoas os passam adiante”.

Enquanto Inat se preocupa com os usados, Li Jianguo, vice-diretor do Comitê Municipal das Comunicações de Pequim, pediu um monitoramento mais estrito dos jogos online que tem conteúdo ilegal ou inapropriado. O comitê recomenda que os games incluam uma tecnologia que automaticamente desconecte os jogadores após um certo número de horas de jogatina contínua. Segundo o Beijing Times (que devemos lembrar é um jornal controlado pelo governo chinês – muito muito muito partidário), um dos principais jornais da China, publicou uma matéria afirmando que o total de “jovens viciados em internet” corresponde a cerca de 10% dos internautas locais com menos de 18 anos, o que significa algo em torno de 4 milhões de pessoas – Jogos “nocivos”, de acordo com o governo chinês, são aqueles que agregam violência e pornografia, assim como os não-patrióticos.(O que inclui quase todos os games do mundo!)

Isso é que é MOD!!!

Alguns de nós, gamers, gostamos de um ou outro acessório. Outros levam isso bem a sério. E outros, como Joe D!, criam coisas como essas monstrosidades… o Wii Vintage:

As modificações foram feitas usado capas de plástico preto-piano (semelhantes em cor e textura ao PS3) com placas de madeira e de papel-madeira nos Wiimotes, Nunchucks, Classic Controllers e na Nyko Perfect Shots. Para criar um efeito ainda mais legal, Joe D! usou leds de luz branco-fosco para criar um efeito de iluminação interna nos botões e alavancas dos controles.

Muito muito mais legal que o branco hospital dos controles padrão. E aí Nintendo, ora de dar um trabalho para o cara?!

Essa semana no Virtual Console (25/08/2008)

Eba!!! Chega de joguinhos… essa foi uma puta segunda feira!!!

Ys Book I & II

Pense nos RPGs do início do reino do Mega Drive, como Phantasy Star II ou Keinsarygen, com gráficos pouco melhores que os de Master, cenários coloridos e diálogos longuíssimos. Agora retire o combate por turnos e substitua-o por um sistema pouco efetivo de combate aberto, onde você tem que estar colado ao inimigo para criar dano e as magias são muito simples e elementais (relâmpago, fogo, água, cura, etc…). Agora ponha uma capacidade de memória de um CD na história. Diálogos longos se tornam ainda mais envolventes quando começam ou terminam com animações e dublagem magistral. Uma abertura inteira em anime e um final de mais de 4 minutos de animação, além de dezenas de músicas em qualidade de CD e uma longuíssima, quero dizer, duas longuíssimas aventuras, com uma história incrível e tudo que um bom RPG dos 8/16 bits tinham para oferecer. Se você quer um RPG no melhor estilo de Lunar e Lufia, agarre, pague a ninharia de 900 Wii points, e prepare-se para perder sua vida social.

Samurai Shodown II

Clássico!!!! Com K maiúsculo ………. de KKKKKKKKKKKlássico!!! Samurai Shodown I era do caralho, um jogo com gráficos lindos, controles perfeitos e som animal. E o do II melhora tudo isso. Gráficos ainda melhores (só não use uma televisão de alta resolução, senão estoura muito os pixels), som ainda melhor, controle no talo e dificuldade na medida. 14 personagens se unem para ajudar ou destruir Amakusa, o clássico vilão que quer ressuscitar o Deus-demónio Ambrosia. Mas quem se importa… eu vou bater em todos eles, e você também. Se quer um PUTA game de luta e não quer nem pensar em mais nada… esse é o seu jogo, por 900 Wii points.

Samba para os EUA!!!

Finalmente… se você é como eu, um fanzão de “Samba de Amigo” o jogo de Maracas do DreamCast (que Deus o tenha) ficará feliz em saber que a Sega confirmou as datas de lançamento nos EUA do seu remake para Wii: 23 de setembro.
Produzido pela Gearbox, o game fará uso do Wii Remote no papel das maracas que serviam de controle na versão original (se seus braços não ficaram torneados com Wii Sports e Wii Fit, esse game resolverá seus problemas), também sendo possível jogar com a combinação Wii Remote e Nunchuk – além de – pasmem – CONTEÚDO PARA DOWNLOAD!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Músicas extras, novas animações e outro mimos estão prometidos, sendo que o primeiro pacote, com preço a ser definido, trará as canções “I Want Candy”, clássico dos anos 80 do Bow Wow Wow, “Are You Going To Be My Girl?” da banda de rock australiana Jet e “Mambo Mambo” do alemão Lou Bega. Se esss surpresas ainda não te pegaram, que tal a  presença da personagem Ula-la de “Space Channel 5” ou uma caixa especial com carcaças para Wii mote no formado de M A R A C A S !!! Sim, o mais fashion brega acessório do universo gamer aterrissa no seu Wii.

Confira a lista completa de músicas que virão no disco, incluindo algumas inéditas e outras presentes nas versões anteriores do game. As canções marcadas com um asterisco são regravações.

Canções inéditas

. “Pon de Replay”, Rihanna
. “Smooth”, Santana*
. “Mambo No. 5”, Lou Bega*
. “Oye Como Va”, Santana*
. “Baila Me”, Gipsy Kings
. “Do It Well”, Jennifer Lopez*
. “Papa Loves Mambo”, Perry Como*
. “Mambo No. 8”, Perez Prado
. “Conga”, Miami Sound Machine*
. “Low Rider”, War
. “Asereje”, Las Ketchup*
. “Arriba Allez”, Bellini
. “Magalenha”, Bellini & Mondonca Do Rio
. “Ran Kan Ran”, Tito Puente*
. “Groove Is In the Heart”, Dee-Lite
. “Jump in the Line”, Harry Belafonte*
. “Como Ves”, Ozomatli
. “Cha Cha”, Chelo
. “Mexican Flyer”, Ken Woodman*
. “Borriquito”, Charo
. “Un Aguardiente”, WaveGroup
. “Solo Tu”, WaveGroup
. “Tango With Me”, WaveGroup

Canções herdadas

. “Vamos A Carnaval”, WaveMaster*
. “Volare”, Gypsy Kings
. “Hot Hot Hot”, Arrow*
. “Salome”, Chayanne*
. “Tubthumping”, Chumbawumba*
. “The Cup of Life”, R. Martin*
. “Samba de Janeiro”, Bellini
. “Mambo Beat”, Perez Prado*
. “Livin’ La Vida Loca”, Ricky Martin*
. “Bamboleo”, Gipsy Kings
. “Take On Me”, Reel Big Fish
. “El Ritmo Tropical”, Dixie’s Gang*
. “Macarena”, Los Del Rio*
. “La Bamba”, Ritchie Valens*
. “Tequila”, Chuck Rio*
. “Soul Bossa Nova”, Quincy Jones
. “Samba De Amigo”, Bellini
. “The Theme of Rocky”, Bill Conti*
. “Mas Que Nada”, Jorge Ben*
. “Sway”, Gimbel and Ruiz*
. “El Mambo”, Solemar

Para variar DS continua liderando no Japão!

Quando acabou a euforia de “Monster Hunting 2” do PSP, o pequeno notável da big N volta a cabeceira no Japão, segundo os recentes publicados pela Media Create, empresa de referência na apuração de venda de jogos e consoles no território nipônico.

Foram mais de 78 mil unidades de DS vendidas entre 11 e 17 de agosto, contra 64 mil do portátil da Sony. O Wii aparece logo em seguida, em terceiro, com 53 mil. Escasso nas lojas após o lançamento de “Tales of Vesperia” – que rendeu até desculpas públicas por parte da divisão japonesa da Microsoft – o Xbox 360 caiu para sexto depois de estar na frente do PlayStation 3, que pulou de volta para quarta posição. O console da Sony vendeu pouco mais de 11 mil unidades enquanto que o da Microsoft caiu para sete mil. Entre eles, em quinto, o PlayStation 2 aparece com 10 mil.

Sony, quando seu aparelho de geração passada vende mais do que a atual, algo está errado. Muito errado.

Quero comer urso e passaro traidor!!!

Depois de trair a Nintendo (leia-se: ser comprada pela Microsoft) e não criar um sucesso sequer no XBOX 1, a RARE… não parece estar melhorando. Seus fraquissimos Perfect Dark Zero e Kameo – Elements of Power não nos empolgaram. Mas aí saíram os vídeos do novo Banjo Kazooie. Sim! Aquele mesmo Banjo Kazooie, que todos diziam que iria poder levar objetos do jogo 1 para o 2, que seria a salvação do Nintendo 64, entre outras coisas, está chegando ao console da microsoft. E para os fãs que fizerem pré-compra de “Banjo-Kazooie: Nuts & Bolts”, a ser lançado em 14 de novembro, o brinde é simplesmente o “Banjo-Kazooie” original refeito para Live Arcade. No entanto, isso vale apenas para algumas lojas “selecionadas” dos Estados Unidos. Não apenas os jogadores terão o game de graça, mas também jogarão duas semanas antes de ser lançado oficialmente no serviço de venda de games clássicos ou simples da rede online do Xbox 360.

Como desgraça de pouca é bobagem, o game finalmente terá o Stop n’ Swop, o recurso que estava previsto no jogo original, que liberava prêmios ao fazer determinados feitos na continuação “Banjo-Tooie”, mas uma mudança na configuração dos Nintendo 64 lançados depois de 1999 impediu que a produtora Rare realizasse o que foi planejado. Agora, é “Nuts & Bolts” que liberará o Stop n’ Swop.

O site Gamescoreblog, mantido pelo time de marketing da Microsoft, também revelou um novo cenário do game, chamado Jiggoseum, que traz uma série de eventos inspirados nas Olimpíadas. No total, são 17 desafios para testar as habilidades atléticas de Banjo e sua turma.

Uma pena que não teremos mais esse grande jogo no Virtual Console! Boa sorte a quem puder jogar!

Esta semana no virtual console (18/08/2008)

Megaman

Direto do dicionário “Clássico”, do latim classicu, que significa antigo, inveterado, tradicional. Megaman definiu mais infâncias do que uma multidão tem dedos para contar. Seus gráficos eram fantásticos, seu controle soberbo, seu som magistral… MAS MILHÕES E MILHÕES DE PESSOAS DEIXARAM DE JOGAR VIDEOGAME POR CAUSA DELE. Era simplesmente difícil demais!!! O desenho de fase não permitia erros, não havia tanques de energia, saídas de emergência ou mesmo a possibilidade de carregar sua arma. Era saltar, atirar e rezar, para que tudo desse certo no final. E numa época onde os games mandavam você pedir para sair, Megaman e Ninja Gaiden erão machos” Consegue dizer MACHO? Sabia que conseguiria. É um dos maiores clássicos do Nes e você DEVE (sem qualquer opção) tê-lo no seu virtual console. Pegue 500 Wii points, gaste aqui, e perca os cabelos.

Neo Turf Masters

Acho que vocês ficaram desapontados com a imagem. Não se engane, em movimento… PIORA MUITO!!! Usando e abusando de um mode 5 descarado de mal feito (aquele efeito de Zoom pixelado que alguns videogames de 16 bits, como o genesis e o Neo Geo tinham) compõe um cenário estático e sem vida, no qual um personagem mal animado tenta acertar bolinhas em buracos. O som, esqueça o som, você pode levantar seu volume no alto ou ligar um liquidificador e moer os braços de uma criança, que ambos resultarão na mesma qualidade sonora. O controle é escorregadio e a física é baseada nos pensamentos de uma pessoa que nunca tocou uma bola, muito menos um bola de golfe, viveu sua vida em um sotão solitária e é CEGA. Eu ainda queria que, com um nome desses, você algum Beat up com ninjas… mas esse golfe mediocre pode ser seu por (UGH!!!) 900 Wii points. Se você achar bom, eu tenho uma ponte para vender.