Estas semanas no Virtual Console (21 e 28/04/2008)

Fiquei tão estupefato com River City Ranson do NES que fiquei jogando a última semana inteira sem parar, mas é hora de falar e não de jogar:

Phantasy Star III

O patinho feio do universo Phantasy Star é um dos jogos de RPG mais diferentes e ousados dos 16 bits.  Abandonando as batalhas aleatórias e o sistema de desenvolvimento dos personagens, padrões nos jogos do gênero, PS III parte para o inusitado: Os personagens principais tem filhos, escolhendo parceiros que geram descendentes com características diferentes, alterando radicalmente a história e o prosseguimento da saga ao longo do jogo – que cobre três gerações. Os gráficos são feios, o controle é inexistente e o som é meramente funcional, mas a história é grandiosa e bem escritas e a exígua quantidade de batalhas evita aquela besteirada de ficar parado num lugar juntando níveis. Se você quiser tentar um novo estilo é uma boa pedida – por apenas 800 Wii points!

Double Dragon

Eu me lembro de amigos que queimaram, literalmente, seus Top games de tanto jogar esse jogo. Double Dragon é lindo. Arte em movimento. A história é … bem… dane-se a história, se ela aparecer batemos nela também. Você percorre fases em um 2d e 1/3 semi-isométrico dando pancada em uma legião de inimigos clonados quer mudam de cor. Um botão bate e outro pula, enquanto que combinados eles dão uma giratória que gasta um pouco de energia (a sua, não a do vilão). Os controles respondem bem, os gráficos transbordam genialidade e o som tem as mesmas músicas fantásticas que nos embalaram na infância. Lindo!!! Seu por, bem usados, 500 Wii points, mas não responda ainda, por que….

River City Ransom

Esse jogo é genial. Imagine Double Dragon, exatamente do jeitinho que falei acima. Agora melhore as sequências de golpes, coloque mais armas (algumas bem inusitadas, como correntes e escadinhas de loja), faça um controle que reage muito muito muito bem, músicas BEM melhores e igualmente nostálgicas, mas transforme os gráficos pseudo-realistas de Jimmy e Billy Lee (os double dragons) em SD – Super Deformed – aqueles bonequinhos cabeçudos japoneses. Esse é River City Ransom, um double dragon bombado, onde você escolhe o caminho a percorrer, entrando em vielas e ruas paralelas, entra em lojas e saunas, onde compra itens ou descansa para recuperar suas forças e pode comprar novas técnicas. É MUITO MUITO MUITO Bom…. bom mesmo. Recomendo a todos. Essa semana a luta pelos seus 500 Wii points é muito boa.

Vou dar porrada!

Anúncios

Casamento no Mini

É isso aí, pessoal! Fechamento mais uma etapa em nossas vidas, eu e a Michela, nossa editora do site, juntamos trouxinhas e nos casamos. Agora sim poderemos varar noites inteiras jogando Mario Party e tomando refri quente e sem gás. Viva o universo!

Esta semana no virtual console (14/04/2008)

Semana bizarra, os jogos em si não são ruins, mas temos coisas bem melhores no gênero

Fantasy Zone

Esse jogo fez escola nos consoles Mark II e III (o último conhecido nessas bandas por Master System), com gráficos coloridos, sons divertidos e controles no talo. Era bem difícil também, mas assim como os bons Ninja Gaidens era o tipo de dificuldade que fazia você tentar só mais uma vez, e mais uma, e mais uma. Infelizmente esse clássico não envelheceu muito bem e parece esquisito nos dias de hoje. Se você for da velha guarda, não ligar para gráficos infantis e estiver em busca de um faixo de luz em meio a mesmice dos shooters, vai amar esse jogo; caso contrário, guarde seus 500 wii points para não se irritar.

Mega Turrican

Você é um super soldado, em uma armadura cibernética, armado até os dentes, de frente a um exército invasor sanguinário e perigoso, que fara chover balas sobre você. Mega Turrican é a versão do clássico do SNES, Super Turrican, para o Mega Drive / Genesis, e, embora eu adore a última plataforma, deveria se chamar Mini Turrican, pois tudo ficou menor: os gráficos são menos límpidos e tem menos cores, com menos inimigos e objetos se mexendo. O som é borrado e sem definição. O controle reage bem, mas sem as cut-cenes e os acessórios parece desfocada, sem brilho. Se quiser realmente algo de Turrican, fique com o Super Turrican do SNES, pelo mesmos 800 Wii points. Ou, ainda melhor, pegue Contra 3, também do SNES, pelos mesmos 800 Wii points,  e veja ação de qualidade até seus olhos pularem para fora.

 

Vamos perder peso?

Eu não sei quanto a vocês, mas eu realmente estou precisando. E agora minha vida será resolvida, pois está chegando aos EUA “My Weight Loss Coach”, um game muito diferente para o DS. Para começar ele pede seus dados (e eu não vou ter coragem de mentir para o meu DS) e baseado na sua idade, horários de trabalho e hábitos diários, confecciona uma dieta, com exercícios simples, como caminhada, saltos e agachamentos, além de um controle alimentar que contém até as substituições necessárias.

Mas incrível que isso o “My weight loss Coach” vem com um pedometro, para controle da distância percorrida e que transfere os dados para o game quando encaixado na entrada do Game Boy Advance. Disponível nos EUA a partir de Maio, por, no pacote com o pedometro, US$ 39,99.

Esta semana no virtual console (07/04/2008)

Putz… tem semana que eu preferia arrancar a cabeça

Yoshi´s Cookies

Ual… tipo Ual. Eles fizeram. E eu havia duvidado. Achei que não teriam coragem, que não conseguiriam. Mas eles fizeram. Yoshi´s Cookie é um ripoff, uma cópia descarada em bom português, de colluns. Junte três biscoitos do mesmo tipo e eles desaparecem. É enjoativo e sem graça, e eu pessoalmente prefiro Collums. Aliás, não prefiro nenhum deles. Guarde seus Wii points e pegue Tetris do SNES ou Tetrisphere do N64.

Bases Loaded

Taí um jogo legal, bem feito, com vozes digitalizadas (imagina a nossa surpresa na época), bom controle e gráficos datados, mas divertidos. É beisebol, o que para maioria dos brasileiros já torna o game meio sem graça, mas é um beisebol simples e bem feito. Bem legal, muito válido se você considerar que custa 500 Wii points. Um pouco menos quando você pensa que o videogame veio com o Wii sports.


Sonic Unleashed e nossos guia de primeiros-socorros para ouriços!

Depois que a merda atinge o ventilador, todo mundo se movimenta. A duas semanas atrás, vídeos de um jogo do Sonic em 2D e 1/2 vazaram na internet, e todo mundo babou com os gráficos legais e a movimentação bem feita, terminando com os dizeres “Sonic Unleashed”. Agora a Sega confirmou Sonic Unleashed, e deu algumas informações sobre o novo game, dizendo que ele saíra no Wii, PS3 e XBOX 360, e uma versão café-com-leite para o PS2.

A empresa afirma que o título já está sendo desenvolvido há pelo menos três anos e que a franquia finalmente retornará às suas origens. “Ao combinar um rico e vibrante universo com pontos de vista dinâmicos, ‘Sonic Unleashed’ trará uma imersiva experiência em 3D enquanto mantém elementos de mecânica de jogo em 2D, mantendo vivo os fantásticos mundos no qual os fãs de Sonic tanto conhecem e amam” comentou Gary Knight, diretor de marketing da Sega para a Europa, puxando o saco da nova criação.

Mas, não estamos convencidos que um game bom salvará o ouriço. Portanto elencamos os principais pontos que queremos ver corrigidos antes de lançamento de “Sonic Unleashed”.

Continuar lendo

Primeiro de Abril!!!!

Como de costume, o site IGN e a revista EGM americanos fazem uma brincadeira de primeiro de abril com os fãs todos os anos.  A desse ano foi muito bem feita e parece com o anúncio de um suposto filme secreto de A lenda de Zelda, com direito ao trailer exclusivo e o nome da produtora Rainfall. Muito legal mesmo. O site da produtora é falso, e fala de outros filmes também falsos, contando até com posters. Já o trailer é muito bom, mas a data de lançamento do filme (1 de abril de 2009) o denúncia. De qualquer forma é uma homenagem muito legal, e todos os fãs deveriam dar uma boa olhada. Quem sabe a Nintendo não se expira?

http://movies.ign.com/articles/863/863492p1.html