Metroid: Other M já em pré venda no Gamestop.com

Você está desesperado por Metroid: Other M, o primeiro game Metroid a ser produzido em cooperação pela Nintendo e o Team Ninja, da Tecmo, responsáveis por Ninja Gaiden, essa notícia só vai deixá-lo ainda mais desesperado. A Gamestop.com, uma das maiores lojas online de games do planeta, colocou Metroid: Other M em pré venda, em edição especial de colecionador, a US$ 49,99, com o game acompanhado de um Art Book luxuosíssimo, saca só:

Quem comprar via pré venda receberá o game assim que a data de lançamento oficial chegar… claro que para eles mandarem o game para o Brasil você vai pagar mais de 50 doletas de envio e pode por mais umas 50 doletas de imposto, mas por esse luxo todo, com certeza vale. Alías, falando em luxo e caras querendo Metroid, olha o Wii desse cara:

Caso encerrado… já estamos salivando…

Review: Jogando Mario Galaxy 2

Quase todo mundo com um Wii conseguiu se espremer de algum jeitinho para jogar Mario Galaxy – o jogo era lindo, colorido, divertidíssimo e extremamente bem feito. Com tanta personalidade e uma qualidade estrondosa, o game agarrou vários prêmios de melhor game do ano.

Isso foi em 2007. Em 2010, chega a continuação de um dos melhores games do Wii. E o que se pode dizer dele?

Em poucas palavras: MARIO GALAXY 2 É O MELHOR JOGO JÁ LANÇADO NO WII!!! SE VOCÊ NÃO O TIVER EM SUA CASA VOCÊ ESTÁ PERDENDO A EXPERIÊNCIA MAIS RICA QUE HÁ PARA SE TER NO CONSOLE DE MESA DA NINTENDO ATÉ O MOMENTO.

Pronto, tirei do peito! Galaxy 2 vai além do primeiro game, além de Mario 64 e torna-se a experiência derradeira do encanador bigodudo em 3D. E tudo isso graça a um desenho de estágios perfeito, com fases maravilhosas, desafiadoras sem serem impossíveis, divertidas sem serem presunçosas e muito muito bem pensadas. Soma a esses estágios perfeitos o fato de que você pode utilizar o Yoshi (que tem poderes muito legais, como iluminar o caminho (tornando visível o invisível), soltar chamas, flutuar e outras coisas), ter ainda mais roupas a sua disposição (além dos poderes que apareceram no primeiro galaxy surgem a roupa de Mario nuvem, que permite criar plataformas, e a de Mario Rocha, em que ele virá um pedregulho redondo e vai para cima dos inimigos) além da possibilidade de escolher entre seguir um caminho no sistema de mapa semelhante ao de Mario World (por hub) ou testar suas habilidade de direção com a espaçonave Mario (quem assistiu “Turma da Mônica em A princesa e o Robô” vai se sentir nostalgico na hora – em vez da nave ter o formato da cabeça da Mônica tem o formato da cabeça do Mario).

Os gráficos mostram que, por mais que os Sonistas e Caixistas falem, a Nintendo consegue espremer do Wii gráficos ainda mais maravilhosos a cada vez. Eu poderia usar um monte de nomes técnicos aqui, Bump Mapping, Real time lightning, real time deformation, fur coat, ink blop, e outros centenas que o game usa… mas o que realmente eles querem dizer é: Coloque esse game em uma TV de LCD ou Plasma (plasma é melhor por que realça as cores) em cabo video componente e prepare-se para ficar deslumbrado… com a vantagem de levar a esposa/namorada/ficante para babar com você. No departamento sonoro, Koji Kondo mais uma vez mostra que suas melódias são eternas – sejam remasterizadas ou modificadas, as músicas clássicas dos Marios anteriores se juntam a um comboio de novas e alegres peças que formam um conjunto magnifico – os sons cumprem seu papel e a poucas vozes, esparsadas e muito bem utilizadas.

O controle é sensacional, muito semelhante ao do primeiro, mas com uma surpresinha para os que jogavam o game a dois: agora, além de utilizar as star bits como munição o segundo player pode, literalmente, dar uma mãozinha ao Mario, buscando itens do fundo da tela e virando pisos para que o encanador possa andar sobre eles. O que era legal, ficou ainda mais legal e com a vantagem de se poder convidar aquela pessoa especial para salvar o dia com você.

Em suma, Mario Galaxy 2 é estupendo. Um jogo como poucos, o melhor game do Wii até hoje, e com o tanto que está vendendo, deve provavelmente ser o jogo mais vendido de 2010, Se você tem um Wii, você tem que ter esse game. Se você não tem um Wii, consiga um para jogar esse game. É só o que posso dizer…

Um novo Sonic exclusivo do Wii e DS está a caminho….

… a pergunta é: VOCÊS PRECISA DELE? Trata-se de “Sonic Colors” (o Deus… isso está ficando muito emo) que virá em uma versão de Wii e uma de DS. Ao que parece já que Sonic teve a bunda chutada para fora do Oriente Médio e ninguém aguentou ele em Camelot, ele virá salvars os Wisps, pequenos alienígenas que possuem poderes especiais, que foram aprisionadas por Robotnik em uma espécie de parte temático especial e… bom… é Sonic… você realmente precisa de história?

O resgate das coloridas criaturas permite ainda que Sonic aprenda alguns poderes especiais, geralmente ligados a cor do alienígena salvo. O amarelo permite cavar, o azul transforma o ouriço em um raio laser que atravessa obstáculos, e por aí vai! Como só existem imagens tiradas de um trailer de 45 segundos, ninguém sabe como o game realmente será…

“Sonic Colors” está previsto para sair no final do ano. NÃO ESTAMOS SALIVANDO….

Rockstar com um jogo exclusivo para a Nintendo!

E não é tênis de mesa!  A criadora de GTA e Red Dead Redemption está criando um projeto, que segundo o site Gamasutra da G4, que chegará ao Wii e ao DS ainda no próximo ano. Considerando que a última vez que a equipe responsável por GTA relou em um console Nintendo nós tivemos o clássico Grand Theft Auto: Chinatown Wars, um dos melhores games do DS até hoje, estamos esperando por coisas muito muito boas.

Como sempre, mais informações na E3 desse ano! Faltam menos de 10 dias agora!

O dôssie sobre o chip do 3DS… o Mini vai em busca de uma análise!

Essa semana vazou uma foto do FCC da Mitsumi, uma, das muitas, produtoras de hardware que trabalham para a Nintendo. Os meios de comunicação pelo globo todo piraram, dizendo que era o chip do 3DS e que o videogame era bem maior que o esperado e tudo mais. Acontece, galera! Informação é coisa séria, tem que verificar… não dá para deduzir pela foto.

Primeiro ponto, isso NÃO É o 3DS! Isso é um FCC, uma espécie de proto-chip… um beta de um console… que serve para verificar a compatibilidade das peças, fazer testes de Sistema Operacional, de Firmware, de retro compatibilidade, de componentes, em suma, testar as mais diversas combinações Hardware/Hardware, Hardware/Software e Software/Software (por exemplo: se o Softdeck, que é um “player” de vídeos muito comum em certas produtoras americanas, não está conflitanto com a placa de vídeo se rodado ao mesmo tempo que uma engine qualquer). Por isso o aparelho é enorme e não tem nenhum tipo de case ou proteção… é basicamente uma série de placas de circuito colocadas juntinhas.

Segundo ponto – NADA… EU REPITO NADA do que está nesta placa agora pode estar no 3DS em seu lançamento final. Tanto Miyamoto quanto Iwata são conhecidos por virar a mesa a 30 segundos do lançamento de um produto e o reformularem completamente. Então se no final o 3DS fizer rosquinhas e formar imagens holográficas ao estilo “Star Wars” não venham falar que a gente não tinha avisado.

Mesmo assim, vamos analizar algumas coisinhas… eis o FCC:

1) O primeiro e mais óbvio chamariz do FCC é essa tela Wide-screen. A Nintendo sempre foi muito resistente a telas Wide em seus portáteis e esse desenvolvimento pode ser muito interessante. Se assumirmos que a tela de baixo é grosseiramente do tamanho da tela do DSi (se não for a mesma peça) a tela wide é aproximadamente do tamanho da tela do Iphone. Os vários cabos conectados as duas e os cabos que partem entre elas sinalizam que as duas provavelmente são sensíveis ao toque, tem backlight, vão conseguir detectar quando um movimento passou de uma tela para a outra e vão ser capazes de receber dois inputs de vídeos, sendo capazes de formar uma imagem com dois ângulos, que nossos olhos veriam como 3D.

2) A tela de baixo parece ser exatamente a mesma tela do DSi, inclusive com os mesmo componentes e cabos.

3) Aqui temos os sensores para botões comuns, e acho que a Nintendo não está inovando muito aqui. Podemos ver a esquerda os quatro sensores responsáveis pelo direcional e a direita os 4 responsáveis pelo ABXY, acima mais dois sensores e abaixo mais dois, que, aposto um sanduíche, serão respectivamente R e L, Start e Select. 

4) Esse rapazinho aqui é algo que nós do Mini já haviámos comentado… quando a Nintendo disse que teria um “controle 3D” em seu novo portátil nos dissemos que isso soava como “direcional analógico”. Olha o bichinho aí! A Nintendo parece ter decidido por uma economia de espaço e ido na direção de um “control nub” como no PSP. Só por comparação, aqui está o control nub do PSP como peça:

Enquanto um direcional analógico padrão é mais ou menos assim:

5) A entrada de cartucho do DS… nada misterioso aqui. A mesma peça desde o lançamento da versão tijolão. Isso pode sinalizar que a Nintendo ficará com cartuchos semelhantes aos do DS (como foi na transição GameBoy/GameBoy Color/GameBoy Advance) ou que esse drive seria usado para a retrocompatibilidade e o drive do 3DS ainda não estaria no FCC visto que, nesse nível de desenvolvimento, os “games” (porque são, na verdade, demonstrações técnicas, jogos muito simples feitos com objetivos de testes, etc…) são transferidos para a placa mãe via SATA/Serial.

6) Originalmente achamos que era o drive do 3DS. Mas o pessoal do 4colorrebellion descobriu que era só o drive de SD card do DSi, só que menor e sem o cabeamento. Provalvelmente o cabeamento não foi colocado porque, como falamos acima, nesta fase os games são transferidos por via digital.

7) São os alto falantes desse neném. Parecem ser do mesmo fabricante e modelo do DSi, mas ligeiramente maiores.

8) Entrada de fone de ouvido… infelizmente nada de excitante aqui!

9) Bateria para alimentar o Clock interno caso as baterias do DS acabem.

Só para comparação aqui estão as placas do DSi:

Coisas que NÃO conseguimos ver nesse FCC:

- Nada do Layout final ou da aparência do case do portátil;

- Proximidade das telas na versão final;

- Nada que mostre sensibilidade a movimentos;

- Nada que mostre Rumble;

- Nada que mostre o formato do cartucho do 3DS, se é que vai haver algum

- A potência gráfica do console ou o chip Tegra da NVidia;

- Localização ou existência de câmeras;

De qualquer forma termos mais notícias muito em breve na E3… é só mais um pouquinho… em Junho!

Já estamos salivando!

O dragão está chegando… de novo!

A espera está quase no fim para os fãs de Dragon Quest, e se você não for fã, DQ IX certamente vai fazê-lo ser. O game que já vendeu 5,5 milhões de cópias no japão chega com quase um ano de atraso aos EUA. Dragon Quest IX: Sentinels of the Starry Skies será lançado nos EUA dia 11 de Julho de 2010 e a Europa recebe sua versão em 23 de Julho. Fora do Japão a distribuidora será a Nintendo, e não a Square… vai entender!will launch stateside on July 11, 2010 and in Europe on July 23. The title is being published by Nintendo and not Square Enix.